UFOP

Universidade Federal de Ouro Preto

Escola de Medicina

Laboratório Multiusuário de Práticas Simuladas

PRÁTICAS SIMULADAS PARA OTOSCOPIA

COLESTEATOMA

 O colesteatoma é uma coleção epitelial descamada e queratinizada na orelha média ou na mastoide e pode ocorrer secundariamente à perfuração da membrana timpânica, mas também pode ocorrer como uma lesão primária. Portanto, podem ser congênitos ou adquiridos, sendo este último subdividido em primários e secundários.
 Os achados otoscópicos característicos do colesteatoma incluem: Uma massa branca atrás de uma membrana timpânica intacta; Uma bolsa de retração profunda e; Granulação focal na superfície da membrana timpânica especialmente na periferia. Atenção especial deve ser dada ao quadrante póstero-superior e ao quadrante ântero-superior, que são as localizações mais frequentes de colesteatomas adquiridos e congênitos, respectivamente.

CONTATO: 3559-1059 | LaMPS@ufop.edu.br

Solutions

Solutions

Soluções para suas ideias

D-Otoscopy v1.0

Copyright © 2022 Universidade Federal de Ouro Preto

Um projeto aberto desenvolvido por: